Qual a diferença entre bateria automotiva e bateria VRLA?

Muitas pessoas, quando pensam em comprar uma bateria, acham que os tipos não influenciam na hora da aquisição. Nós, os especialistas aqui da Cais Baterias te dizemos que esse pensamento é um completo erro. Claro que uma bateria serve para energizar e dar força, mas cada tipo de bateria serve somente para um propósito específico. Aqui na loja, vendemos dois tipos diferentes de bateria, cada uma com uma forma de energia diferente, as que possuem reagentes químicos, e as que necessitam de eletricidade pura.

As baterias de carro, como a Moura M60AD, por exemplo, são chamadas de baterias automotivas, com duração entre 2 a 3 anos dependendo do seu uso, usam de elementos químicos para fornecer energia elétrica para todo o veículo. Esses elementos químicos são tóxicos e não podem ser descartados em qualquer lugar para não haver risco de contaminação, pelo fato de emitir gases. Além disso, ela é recarregável pelo próprio carro e aguenta grandes cargas de uso.

Já a bateria VRLA é um tipo de bateria que é totalmente selada e não necessita de reagentes químicos para funcionar, somente de energia elétrica. Com duração de 4 a 6 anos em média, são feitas para aguentarem mais ciclos de carga e descarga. Uma Unipower UP1290, por exemplo, tem como função de energizar os equipamentos eletrônicos durante falta de luz, seja em no-breaks, sistemas de iluminação ou alarmes residenciais e empresariais.

Isso quer dizer que, bateria automotiva, possuindo reagente químico, não servirá para alimentar um no-break, por exemplo. O mesmo vale para a bateria do tipo VRLA, como não tem elementos químicos presentes nela, de nada vai adiantar tentar colocar em um veículo automotivo. E você? Comente agora se já teve alguma dúvida sobre os tipos de bateria existentes no mercado.