Não leve mais CNH, pois chegou a CNH Eletrônica

Você tem a carteira de carro? Não é novidade que tem de ficar indo para qualquer lugar com o documento, justamente para evitar transtornos. O que chegou recentemente de novidade nisso é que, atualmente, tem a possibilidade de usar a versão digital! Quer saber mais, apenas acompanhe esse post, pois temos a energia certa para salvar o seu dia com muita informação!

 

Use a CNH Eletrônica

Surgindo esse ano, a CNH Eletrônica pode ser usada em todo o Brasil. Caso você, por exemplo, saia de casa sem o documento impresso, não há problema, também chamada de CNH Digital, ela tem a mesma validade da versão impressa.

 

Como obter a CNH Eletrônica?

É possível ter a CNH Eletrônica seguindo esses passos:

1 – Tenha a CNH impressa na sua versão mais atualizada, com QR Code;

2 – Acesso o portal de serviços do Detran da sua região e se cadastre;

3 – Chegue no Detran onde foi emitida a versão impressa da sua CNH para confirmação dos seus dados;

4 – Pode haver cobrança pelo serviço, dependendo é claro da região onde o Detran está atuando;

5 – Baixe e instale, de forma gratuita, o aplicativo da CNH Digital no seu celular, com a opção de baixar tanto pelo Google Play, para celulares Android, quanto pela AppStore, em celulares Apple;

6 – O Denatran enviará um e-mail com o código de ativação, que deve ser usado no momento de acessar o aplicativo;

7 – Por último, crie uma senha de 4 dígitos, assim acessando o documento digitalmente.

 

Agora ficou mais fácil. Faça sua CNH Eletrônica agora! Fique sabendo que ela pode ser usada sem internet, basta acessar o aplicativo apenas uma vez com internet para baixar os dados do documento! Agora veja mais informações importantes no nosso blog, sem antes responder aqui nos comentários se você já tem a sua CNH Digital. Até a próxima!

Carro no pátio do Detran, o que fazer?

Antes que você passe por essa situação de ter seu carro levado para o Detran, fique atento com nós da Cais Baterias, pois temos a energia certa para salvar o seu dia, e vamos te informar sobre alguns motivos que levam seu carro até o pátio e valores da diária!

 

Os 5 motivos principais que levam seu carro até o Detran

Há diversos motivos para que isso aconteça, mas existem os 5 principais, e mais comuns, que todo motorista deve se atentar bem: dirigir seu carro sem CNH, dirigir sem para-brisa ligado em dia de chuva, estar conduzindo o veículo com CNH vencida a mais de 30 dias, estar com o carro sem identificação como placa e chassi, e por último, CNH com categoria diferente.

 

Carro no pátio do Detran, o que fazer?

Veja primeiro o órgão que fez a apreensão e o local, para isso, é só olhar no Auto de Recolhimento de Documento (ARD) ou Comprovante de Recolhimento ou Renovação (CRR). Depois vai até a Unidade de Polícia Militar que fez a ação com os seguintes documentos: original e cópia do RG e CPF, ou original e cópia da CNH com foto. Caso o procedimento tenha sido feito há mais de 30 dias, original e cópia do comprovante de pagamento do valor de transferência; original e cópia do comprovante de pagamento de débitos; além de cópia simples do formulário RENAVAM.

Mas fique atento, logo quando seu carro entra no pátio do Detran, há uma taxa fixa só de ter entrado, além de uma variável, dependendo do tipo de veículo e há quantos dias está lá:

 

Retirada (taxa fixa, quando chega no pátio)

Moto: R$ 146,40

Veículo leve: R$ 439,20

Veículo pesado: R$ 439,20

Ônibus: R$ 2.296,30

 

Estadia (taxa por dia no pátio)

Moto: R$ 11,40

Veículo leve: R$ 34,50

Veículo pesado: R$ 63,00

Ônibus: R$ 131,20

 

Vale lembrar que essas taxas podem sofrer alterações, recomendamos que verifique o site do Detran SP caso for do estado de São Paulo, caso for de outro estado, verifique o Detran da sua região! Além disso, carros com mais de 90 dias podem ser leiloados! Caso queira mais informações do universo automotivo, é só acessar o blog da Cais Baterias! Com alguma dúvida nesse post? É só comentar aqui abaixo que iremos responder! E até a próxima.