Porque cada motocicleta tem uma bateria certa?

No mundo das motos, cada uma é especial de acordo com quem à pilota. Cada moto tem suas próprias características de peças como: tipos de rodas, motor, carenagem e até o freio. E outra peça importante da motocicleta é a bateria, e dependendo da moto, há diferenças bastante relevantes na hora da compra. Nós da Cais Baterias temos a energia certa para salvar o seu dia e explicaremos a você o porquê cada motocicleta ter uma bateria certa para o funcionamento.

 

Peso

Apesar de ser o menor fator a se levar em conta, o peso pode influenciar no desempenho da motocicleta. Cada moto está acostumada, no seu compartimento de bateria, a um peso específico, e uma bateria de moto que ultrapasse muito a média pode, em longo prazo, trazer problemas.

 

Dimensões

Agora entramos em um ponto importante, as dimensões de uma bateria de moto. Não importa se o peso ou amperagem estão de acordo com o modelo da moto, a medida da bateria tem de ser exatamente a mesma que a caixa de bateria. Se for maior, ela não vai se encaixar, caso for menor, pode trazer problemas devido à folga.

 

Amperagem

Importantíssima característica de uma bateria de motocicleta! A amperagem é o consumo máximo da bateria e produto, nas quais tem suas diferenças de intensidade, pois é para adaptação aos tipos de modelo de moto que essa bateria atende. Um exemplo disso são as baterias da marca Yuasa modelos YB5L-B e YB14L-A2, enquanto a primeira atende uma moto XTZ 125, a outra bateria serve na XTZ 750, ambas da marca Yamaha. Ou seja, mesmo as duas baterias sendo Yuasa, servem para veículos diferentes.

 

 

Essas informações te passaram o fato de que as características pedidas de cada moto com relação à bateria devem ser respeitadas. Tanto em questão da amperagem do veículo, quanto nas dimensões totais e peso. Uma boa forma de saber mais sobre baterias de motocicleta é acompanhando nosso blog. Precisando de bateria de moto? É só entrar em contato com a gente! Agora comente aqui abaixo, você já teve dificuldades na hora de comprar uma bateria de motocicleta?

Afinal, alarme da motocicleta consome muita bateria?

Você curte motocicleta, adora trafegar para qualquer lado, viajar, ou até mesmo ir e voltar do trabalho. O problema é que nem sempre há dinheiro para pagar um estacionamento e é preciso deixar sua magrela nas vagas da rua. Isso pode te deixar bem preocupado, pois é necessário ter um sistema de alarme sonoro, assim evitando que qualquer pessoa suspeita possa, por exemplo, furtar sua moto.

Entre todas as dúvidas que você tem, uma delas é em questão do consumo que ela gera. Independente do consumo é importante ter alarme sonoro para evitar perda do veículo automotor. Mas esse alarme consome muita bateria da moto?

Sim, como todo componente elétrico, ele consome certa energia da bateria da moto, mas não é nada muito alto quando ela não é ativada, em torno de 10w. Mas fique atento, é necessário usar a moto quase que diariamente, assim evitando que a bateria seja descarregada mais rapidamente. Sim! Como no carro, quando o motor não está ligado, mas algum outro componente está, como rádio ou farol, há um consumo maior de energia, na moto a lógica é a mesma.

Mas e quando o alarme sonoro da moto é ativado? Há um consumo muito maior de energia da bateria, pois não há motor ativo, além do som ser bastante alto com o objetivo de chamar atenção de todos em volta, é a chamada corrente de stand by. Mas nem por isso não se deve usar alarme sonoro, ele só é ativado quando sua moto realmente está em perigo!

Caso você ter alguma dúvida ou problema com a bateria da sua moto, é só chamar nós da Cais Baterias, pois temos a energia certa para salvar o seu dia! Você tem duas opções, ou nos visitar na Avenida Washington Luiz, número 8 em Santos, ou pelo telefone (13) 3232-3501, sem preocupação ou dor de cabeça desnecessária.

As baterias são todas iguais?

Afinal, bateria é tudo igual? Será mesmo? Algumas pessoas tem esse pensamento, mas não é culpa delas, elas apenas não sabem as diferenças, outras nem sabem exatamente a função que está presente em todas as baterias.

Para começar, existem diversas categorias, como as baterias automotivas, baterias para motos, baterias para veículos pesados e de grande porte, como ônibus, caminhões, empilhadeiras e até tratores. Cada categoria possuem tamanhos, voltagem, amperagem e peso diferentes. E mesmo em cada categoria, há baterias que servem em apenas algumas linhas de veículos.

Vamos usar como exemplo duas baterias para moto da marca Yuasa, a YB3L-A e YB4L-B, apesar de serem da mesma marca, enquanto a YB3L-A serve na Honda XL250 e XL350, além da Yahama DT180, a YB4L-B também serve na Honda, mas no modelo C 100 Dream. Isso ocorre pelas diferenças de medidas e amperagem entre as baterias.

Além disso, existe outra categoria de baterias, são as baterias estacionárias e VRLA. Elas não lidam especificamente com sistemas veiculares, mas sim com equipamentos diversos que demandam energia elétrica. A bateria estacionária e VRLA lidam com sistemas de alarmes, vigilância, iluminação de emergência e nobreaks.

Viu como é fácil entender a diferença entre as baterias? Cada bateria serve para algum veículo ou equipamento diferente, mas todas tem a função principal de fornecer energia! Agora, se você tiver precisando de alguma bateria, chame a Cais Baterias, temos a energia certa para salvar o seu dia! Estamos na Avenida Washington Luiz, número 8, bem no canal 3 em Santos. Se quiser entrar em contato direto da sua casa, é só nos ligar pelo telefone (13) 3232-3501.

Quais são os principais erros que acabam com a duração da bateria da moto?

Você faz ideia do risco que você pode colocar na bateria da sua moto? Alguns motociclistas só se dão conta do estrago na pior hora possível, seja naquela emergência, ou mesmo no dia da viagem de férias. Não fique com dor de cabeça, vamos te passar os 5 principais erros que você pode cometer com a bateria para moto.

 

Não verificar o nível de água

A maioria das baterias para motos necessitam de manutenção com água destilada, ou seja, é preciso verificar todo mês o nível da água, pois é ela responsável por realizar a reação química para o fornecimento de energia. Caso não for feita essa verificação, a bateria começa a falhar e estragar.

 

Moto muito tempo parada

Assim como qualquer equipamento, se não houver uso por tempos prolongados, pode haver perda de energia. O ideal é usar a moto, pelo menos, uma vez por semana. Caso contrário, desconecte a bateria, primeiro no polo negativo, depois o positivo, assim evitando ainda mais a perda de carga.

 

Baixa temperatura

Caso estiver em períodos muito frios e continuar utilizando a moto, o óleo fica mais denso. Com isso, a bateria faz mais força para o motor queimar esse óleo, diminuindo a vida útil da bateria. A recomendação é usar a moto em temperaturas mais amenas.

 

Oxidação

Se você não limpar os terminais da sua bateria, é possível que eles comecem o processo de oxidação, o que prejudica seu desempenho. Faça limpezas periódicas e principalmente limpe antes da troca.

 

Usar o farol de forma errada

Assim como os carros, se desligar a moto antes do farol pode fazer com que a bateria consuma mais energia na próxima partida. Além disso, pilotar com o freio constantemente ativo faz com que a luz traseira seja ativada, havendo maior consumo de bateria.

 

Pelo jeito você não sabia dessas ações. São dicas infalíveis que te ajuda a aumentar a durabilidade da bateria da sua moto. Agora, caso sua bateria esteja com problema, é só chamar nós da Cais Baterias, temos a energia certa para salvar o seu dia! Ficamos em Santos, na Avenida Washington Luiz, número 8, bem no canal 3. Se quiser ter mais facilidade, é só ligar no telefone (13) 3232-3501.

Como aumentar a vida útil da bateria de moto?

Sabia que uma bateria é um importantíssimo componente para sua moto? Ela realiza a função de ativar todos os equipamentos necessários para o pleno funcionamento nas ruas, além de ser coração da sua motocicleta, pois é responsável até por ligar o motor. Ou seja, sem a bateria, a moto nem andaria. A questão é como economizar ao máximo esse tipo de produto, e nós das Cais Baterias vamos salvar o seu dia com dicas valiosas de como aumentar ao máximo a vida útil.

Antes, é preciso tem em mente que uma bateria para moto costuma durar entre 2 e 3 anos, mas se existirem cuidados, tanto com a própria moto quanto com a bateria, o tempo pode aumentar. O primeiro cuidado que você pode ter é com relação aos polos, pois eles são feitos de metal e sofrem desgaste conforme passa o tempo. As proteções de plástico que estão sobre os terminais não devem ser retirados, exatamente para não houver desgastes maiores.

Outro ponto que é interessante prestar atenção é no clima, no calor, haverá mais reações químicas na bateria, fazendo-a gastar mais energia desnecessariamente. No frio, o metal da bateria é retraído, o que causa uma dificuldade maior na transmissão da energia, o que causa o mesmo efeito, descarga desnecessária. A recomendação é evitar usar a moto em temperaturas muito acentuadas.

Muitos condutores às vezes se esquecem desse detalhe, mas é uma preciosa dica. Evite ao máximo ligar qualquer componente da sua moto, seja o farol ou qualquer outro acessório, antes do motor. Caso, por exemplo, o farol for ligado antes do motor, haverá uma grande perda de energia da bateria, diminuindo bastante sua vida útil.

Já ouviu falar que quando não se usa algum equipamento por muito tempo, ele pode dar problema? Com a moto isso se aplica também. Não deixe a moto parada por muito tempo na sua garagem. Usar regularmente pode prolongar a vida útil da bateria por até 2 anos. Apenas ande com ela por pouco mais de 5 quilômetros ao dia. Deixar a moto parada a semana inteira, por exemplo, também a faz gastar desnecessariamente a energia da bateria, não usar a moto durante meses é ainda mais prejudicial à bateria.

Viu como é fácil aumentar a durabilidade da bateria da sua moto? Agora, caso sua bateria não funcionar mais, venha até a Cais Baterias! Temos a energia certa para salvar o seu dia! Nosso endereço fica na Avenida Washington Luiz, número 8, bem no canal 3 em Santos. Caso queira ficar em casa, é só ligar no nosso número de telefone (13) 3232-3501.