Não leve mais CNH, pois chegou a CNH Eletrônica

Você tem a carteira de carro? Não é novidade que tem de ficar indo para qualquer lugar com o documento, justamente para evitar transtornos. O que chegou recentemente de novidade nisso é que, atualmente, tem a possibilidade de usar a versão digital! Quer saber mais, apenas acompanhe esse post, pois temos a energia certa para salvar o seu dia com muita informação!

 

Use a CNH Eletrônica

Surgindo esse ano, a CNH Eletrônica pode ser usada em todo o Brasil. Caso você, por exemplo, saia de casa sem o documento impresso, não há problema, também chamada de CNH Digital, ela tem a mesma validade da versão impressa.

 

Como obter a CNH Eletrônica?

É possível ter a CNH Eletrônica seguindo esses passos:

1 – Tenha a CNH impressa na sua versão mais atualizada, com QR Code;

2 – Acesso o portal de serviços do Detran da sua região e se cadastre;

3 – Chegue no Detran onde foi emitida a versão impressa da sua CNH para confirmação dos seus dados;

4 – Pode haver cobrança pelo serviço, dependendo é claro da região onde o Detran está atuando;

5 – Baixe e instale, de forma gratuita, o aplicativo da CNH Digital no seu celular, com a opção de baixar tanto pelo Google Play, para celulares Android, quanto pela AppStore, em celulares Apple;

6 – O Denatran enviará um e-mail com o código de ativação, que deve ser usado no momento de acessar o aplicativo;

7 – Por último, crie uma senha de 4 dígitos, assim acessando o documento digitalmente.

 

Agora ficou mais fácil. Faça sua CNH Eletrônica agora! Fique sabendo que ela pode ser usada sem internet, basta acessar o aplicativo apenas uma vez com internet para baixar os dados do documento! Agora veja mais informações importantes no nosso blog, sem antes responder aqui nos comentários se você já tem a sua CNH Digital. Até a próxima!

Como saber que o problema é na bateria de carro? E como resolver?

Uma bateria automotiva é um importante componente do seu veículo, a função dele é ligar, com a ajuda do alternador, toda a parte elétrica do carro. Essas partes elétricas são itens de segurança, como vidro elétrico, trava elétrica e farol; ou mesmo de entretenimento, como por exemplo rádio mp3, dvd player e sistema de som. Mas a questão é que seu carro parou de funcionar, como saber se é a bateria? Fique tranquilo que nós da Cais Baterias temos a energia certa para salvar o seu dia e iremos sanar essa dúvida!

Como saber se é a bateria de carro

Em primeiro lugar, quando você dá a partida no carro e ele não conseguir, ou quando consegue com bastante dificuldade, já é uma prova de que o problema é na bateria. Entretanto, não é motivo o suficiente para diagnosticar o problema como sendo 100% da bateria. Outra maneira de ver se é esse componente, basta testar o alarme, se você não escutar direito o beep, já é outro sinal de que a bateria parou de funcionar.

Mas a prova final é a verificação de datas, a da compra do veículo ou da última troca da bateria. Como o tempo de vida de uma bateria de carro fica em torno de 2 a 3 anos, caso tenha ultrapassado, é recomendado fazer uma verificação, com o eventual carregamento e, dependendo da gravidade, a troca do produto.

Como proceder?

Existem alguns procedimentos que vão te ajudar e reviver o seu carro:

Primeiro é usar um carregador de bateria portátil, ele é responsável por dar uma vida extra para a bateria automotiva. Existem até duas configurações de carga, a lenta e rápida, com a primeira sendo a mais recomendada pela questão da bateria não sofrer superaquecimento, além da menor quantidade de gás gerada.

Se você não tiver o carregador de bateria, como segunda opção tem o processo conhecido como “chupeta”, onde é usada a bateria de outro carro para fornecer energia na bateria do seu carro. Por meio de cabos devidamente conectados nos polos positivo e negativo, a bateria automotiva vai ter uma sobrevida, permitindo assim trazer seu carro a ativa. Lembrando que por um curto período de tempo, é apenas o procedimento inicial.

Por último, que é a ação mais recomendada, é a troca da bateria, para isso, apenas solicite a nossa loja ou a loja de baterias da sua cidade. Com a Cais, há o disk entrega gratuito, assim você fica totalmente despreocupado que vamos até você. O modo mais fácil de pedir a entrega é por meio do Whatsapp: (13) 99749-2147.

Agora que você sabe se o problema é na sua bateria e como resolver isso, fique atento. Aqui no blog da Cais Baterias tem muita informação do universo das baterias automotivas. E não se esqueça de deixar o seu comentário, como você resolveu o problema com sua bateria?

O que é o alternador do carro? E sua importância?

Quando você pensa em energia para o seu carro, qual é o primeiro componente que vem na sua mente? Se você pensou em bateria, acertou na resposta! Mas uma bateria automotiva não é o único componente que é responsável por dar aquela ligada no motor do veículo. Muitos não se dão conta, mas há também o alternador. Você sabe o que é o alternador? E sua função e importância? Fique tranquilo que nós da Cais Baterias temos a energia certa para salvar o seu dia e vamos te explicar com mais detalhes.

 

O que é o alternador

É um componente do carro que serve de gerador de corrente elétrica. O alternador alimenta a bateria do carro, que por sua vez fornece energia para todos os outros componentes do seu carro funcionarem, como vidro elétrico, sistema de som, farol e, o mais essencial de todos, a partida.

 

Componentes do alternador

Há três principais componentes que integram o alternador.

Estator: ele cria a corrente elétrica devido ao rotor, que por sua vez forma um campo magnético para auxiliar na criação de energia elétrica.

Placa Retificadora: pega a corrente alternada criada pelo alternador e transforma em corrente contínua, assim recarregando a bateria automotiva.

Regulador de Tensão: como o nome diz, esse componente regula a tensão que vai até a bateria do seu carro, impedindo que essa bateria seja sobrecarregada.

 

Importância do alternador

O alternador e a bateria de carro coexistem para o pleno funcionamento do veículo, logo um não funciona sem o outro. Um bom exemplo disso é a de um celular e seu carregador, o celular seria a bateria automotiva, enquanto o alternador é o carregador. Isso quer dizer que o alternador, sendo um componente que transforma a energia mecânica da correia em energia elétrica, recarrega a bateria do seu carro, tornando a função da bateria a de acumular energia.

 

O alternador tem essa função importante, mas é essencial que você tenha uma boa bateria de carro. Temos tanto a marca Heliar quanto Moura, e caso tenha dúvidas é fácil, só entre em contato via WhatsApp pelo número: (13) 99749-2147

Carga lenta ou carga rápida da bateria de carro, qual é a melhor?

É bem possível que você tenha passado pela seguinte situação: seu carro começa a dar problema para dar a partida, logo é levado para a manutenção e o diagnóstico da bateria com pouca energia é feito. Mas então entra uma questão que pode dividir opiniões, e é sobre a famosa carga lenta e carga rápida. Qual das duas funciona melhor para a bateria do seu carro? Fique tranquilo que nós da Cais Baterias temos a energia certa para salvar o seu dia e iremos responder isso!

Primeiro é necessário saber que a carga, sendo rápida ou lenta, nada mais é que a quantidade da corrente elétrica que será colocada na bateria. A diferença principal entre essas duas formas de carregar é a velocidade dessa transmissão.

 

Diferença entre carga lenta e carga rápida

A questão fica por conta da velocidade. A carga lenta serve para aplicação de pequenas correntes de energia, no caso de 10% da energia máxima da bateria. Um exemplo disso é na bateria de um Ford Focus, a Heliar SL60DD/E Free, como tem 60ah, na carga lenta, se usa 6ah de energia. O tempo que irá demorar, para essa bateria ser totalmente carregada do zero, é de 10 horas. No caso da carga rápida, o tempo de espera cai pela metade, tudo porque há um grande fluxo de energia sendo transmitido até a bateria automotiva.

Você pode acessar esse FAQ (Perguntas e Respostas), explicando de forma mais técnica a diferença entre a carga lenta e carga rápida.

 

Por um lado, temos a velocidade, mas por outro há uma desvantagem. A carga rápida não é recomendada, o motivo disso é que pode levar ao superaquecimento, tudo por causa da própria corrente elétrica que acaba por esquentar demais a bateria de carro, fazendo com que o tempo de vida diminua bastante! Então a sugestão que nós damos é sempre sugerir a carga lenta, pois apesar de demorar mais, evita que a bateria do seu carro tenha uma perda de vida útil maior.

A bateria do seu carro tem de ser cuidada, assim você com certeza irá economizar mais dinheiro aumentando seu tempo de vida! Agora que você sabe a diferença entre essas duas formas de carga da bateria do seu veículo, não se esqueça de comentar aqui embaixo. Você tem o costume de perguntar que tipo de carga a sua mecânica de confiança aplica na sua bateria?

Existe diferença no tamanho de uma bateria automotiva?

Existem muitos mistérios sobre diversos assuntos, alguns são solucionados, outros continuam sem resposta. No universo das baterias automotivas, existem algumas questões que grande parte dos motoristas não tem ideia de como responder, uma delas é relacionada ao tamanho da bateria. Existe diferença de tamanho das baterias automotivas? Nós da Cais Baterias vamos tirar essa dúvida!

Para iniciar, é preciso saber que existem duas subcategorias de baterias para carro, a chamada caixa alta e caixa baixa. As únicas diferenças são que, além de cada categoria ser usada por diferentes montadoras, a caixa alta possui o espaço um pouco maior, sendo adaptada exatamente para o modelo específico do seu carro.

Uma bateria automotiva não serve para qualquer carro, pois cada automóvel possui uma voltagem, amperagem e tamanho diferente, caso for conectada uma bateria incompatível, isso irá causar danos no veículo. Existem 5 tamanhos de bateria automotiva, uma específica para cada carro. A primeira é a 24/24F, usada nos veículos citadinos, que são os carros pequenos. O segundo é o 34/78, onde serve em veículos automotivos de grande porte. Em terceiro temos o 35, que serve para carros esportivos. Em seguida há o 65, também utilizada em veículos grandes. Por último, o tipo 75, que são baterias usadas em compactos ou linha média.

Duas baterias que são da mesma marca, mas que possuem medidas diferentes, são as da marca Moura. A bateria Moura modelo M50JD/JE é diferente do modelo M48FD/FE, pois enquanto uma possui 23,8 cm de altura x 13,0 cm de largura x 22,6 cm de altura a outra bateria tem 21,0 cm de altura x 17,5 cm de largura x 17,5 cm de altura. Isso tem relação com o veículo que serve para a bateria, o modelo M50JD/JE é compatível com um Honda Civic, enquanto o modelo M48FD/FE é compatível com um Ford Ka por exemplo.

Isso quer dizer que sim, existe diferença no tamanho das baterias automotivas, mesmo sendo da mesma marca. Caso ainda esteja com aquela dúvida, o que acha de nos fazer uma visita? Temos a energia certa para salvar o seu dia! Estamos em Santos, na Avenida Washington Luiz, número 8, é fácil de nos achar, pois ficamos no canal 3. Se quiser ter mais comodidade, é só ligar no telefone (13) 3232-3501.

Como escolher a bateria de carro certa?

Você já deve ter um carro há alguns anos, e como todo componente, a bateria de veículo não dura para sempre e é necessário que aconteça o processo da troca de bateria. Mas então entra uma dúvida, qual é a bateria certa para meu carro? Compro da mesma marca, ou invisto em outra fabricante? Esses tipos de perguntas serão respondidas por nós da Cais Baterias agora, pois temos a energia certa para salvar o seu dia!

 

A maneira mais simples

Várias pessoas andam perguntando sobre a questão da bateria que vem junto com o carro na hora da compra. A resposta para isso é simples, cada carro é um carro, com suas características únicas e uso de energias diferentes. Se o seu carro usou uma bateria que durou um tempo maior que o normal da vida útil, que no caso é de 2 a 3 anos, é bem mais recomendado por nós que você compre a bateria do mesmo modelo e marca. Isso é garantia que você consiga ter um tempo de vida parecido com a bateria antiga.

 

Caso não for a bateria original do veículo

Agora, caso você não teve tanta sorte com a bateria original do seu carro, é fato que ocorra uma troca de marca de bateria automotiva. Para isso, o ideal é pesquisar as marcas mais bem faladas do mercado. Aqui na Cais Baterias, vendemos as duas maiores e melhores marcas de baterias de carro do mercado, a Heliar e Moura, independente da escolha que você fizer, é certeza que você não terá dores de cabeça no uso normal do seu veículo automotivo.

Mas não é somente na marca que deve se atentar, há também a escolha do modelo, pois seu carro não vai aceitar qualquer bateria, tudo dependerá de alguns fatores. O primeiro é a amperagem, carros que possuem capacidade de aguentar uma certa amperagem não serão compatíveis com bateria automotivas que não sigam exatamente essa especificação. O segundo fator é o tamanho, o suporte onde será encaixada a bateria é exato, baterias maiores não conseguirão estar ali, e as menores ficarão com entradas, fazendo com que não fiquem totalmente fixadas.

Vamos dar dois exemplos: o primeiro exemplo é com um carro da marca Ford, modelo Ka. Não é qualquer bateria que deve ser colocada nele, somente alguns modelos são compatíveis, um deles é a bateria Heliar SL48BD Free, pois atende a necessidade exata de dimensões, além do principal que é a amperagem de 48ah. Outro exemplo fica por conta de um Mitsubishi L200, como no primeiro exemplo, poucas baterias atendem a necessidade desse carro específico, e uma delas é a Moura M70KD/KE, com 70ah e dimensões que servem para ser colocada no suporte.

 

Carros que tenham a bateria certa para o seu veículo tem mais chances de terem sua vida útil maior. Além de nossa recomendação, você com certeza pode buscar opiniões de amigos que tem experiência entre essas duas marcas, assim terá mais certeza antes de ter uma bateria, pois é uma escolha que vale por anos! Agora que você achou essa informação bem legal, não se esqueça de comentar aqui abaixo, qual foi a bateria original do seu carro?

Porque a bateria de carro pode ficar mais quente que o normal?

Você tem o seu carro já faz alguns anos e está percebendo algo estranho vindo da bateria automotiva, ela está superaquecida. A questão para você é se isso faz parte do funcionamento comum bateria. Nós da Cais Baterias temos a energia certa para salvar o seu dia e respondemos: não, bateria superaquecer não é normal! Na verdade é até perigoso!

Mas, primeiro você deve saber o que causa o superaquecimento de uma bateria automotiva. O principal motivo de uma bateria começar a ferver é devido ao alternador, ele é responsável por gerar corrente alternada que, aliado a bateria do seu carro, gera energia para todo o veículo.

O problema que pode ocorrer é quando o alternador passa energia demais para a bateria, e quanto mais energia, mais calor dentro do ácido presente no produto, e como todo líquido, ele entra em ebulição, que é a passagem do estado líquido para gasoso. Outro motivo que pode fazer a bateria ferver é deixar ela sobrecarregada. Isso se deve a grande quantidade de componentes elétricos sendo usados exageradamente e ao mesmo tempo.

É sempre bom tomar cuidado e, assim que aparecer qualquer possibilidade de superaquecimento, leve para nós da Cais Baterias, ou em qualquer especialista em baterias ou carros da sua cidade. O motivo disso é que, como a bateria é selada, ela possui elementos químicos que viram gases, com a pressão dentro dela, é capaz da placa de chumbo ácido não dar conta, ocorrendo uma explosão a qualquer faísca. Essa explosão danifica parte do seu carro, ou pior, pode machucar alguém menos experiente no universo automotivo.

Seu carro merece sempre o maior cuidado do mundo, e com relação a baterias não pense duas vezes, pense na Cais Baterias. Veja o nosso blog e tenha o conhecimento na sua mão! E não se esqueça de comentar aqui abaixo, você já olhou seu carro e viu se sua bateria automotiva está mais quente que o normal?

Porque a bateria de carro é feita de chumbo?

Você pelo jeito tem algumas dúvidas referentes ao universo das baterias automotivas, e uma delas em especial é com relação a uma parte importante desse componente do carro, a proteção. Sim, a bateria de carro é protegida por uma espessura grossa de chumbo. Mas porque é necessário ter essa proteção toda para uma bateria? Nós da Cais Baterias temos a energia certa para salvar o seu dia e vamos responder agora o motivo disso!

Primeiro é necessário saber que, como a bateria é uma fonte de energia, ela possui diversos elementos químicos dentro dela aliado com grandes pilhas, isso faz com que seja gerada energia elétrica, sendo transmitida para o restante do veículo automotivo. Dentro desse tipo de bateria, há dois eletrodos, um feito de uma fina camada de chumbo esponjoso, outro de dióxido de chumbo em pó, tudo mergulhado em uma solução de ácido sulfúrico.

A questão é que esses componentes químicos são tóxicos, principalmente o ácido sulfúrico, e é onde entra a placa de chumbo externa. Conhecida pela maioria dos especialistas como placa de chumbo ácido, ela evita que qualquer substância química acabe saindo da bateria, assim impedindo contaminação ou danos para quem costuma manusear o produto.

Esperamos que tenha achado a informação importante! O universo das baterias, em especial das baterias de carro, sempre tem detalhes interessantes e que pode até te ajudar a tirar dúvidas de alguém menos experiente nas estradas. E comente aqui abaixo, você sabia que a sua bateria automotiva tinha elementos químicos?

Bateria de carro: Como aumentar o tempo de vida?

Você que tem carro, é sempre muito prazeroso ter sua independência podendo ir para qualquer lugar na a hora que quiser. Mas, é preciso ver que nem todos os componentes dentro do veículo duram para sempre, e a bateria automotiva é uma delas. Essas baterias costumam durar um tempo que variam entre 2 e 3 anos, só que é completamente possível estender esse tempo, assim economizando seu dinheiro. Nós da Cais Baterias temos a energia certa para salvar o seu dia e te dizemos como aumentar a vida útil da bateria do seu carro.

O primeiro de tudo é se atentar com os componentes elétricos e eletrônicos. Se você ligar a luz do carro, ou mesmo deixar os faróis ligados, isso com o carro desligado, há uma grande demanda de energia para a sua bateria de carro, fazendo com que a vida útil da bateria diminua mais rapidamente. Com componentes eletrônicos é a mesma premissa, caso o carro esteja desligado, mas com rádio, player de dvd ou sistema de GPS ativo, tem uma grande perda de energia da bateria automotiva!

Em segundo lugar tem a questão do quanto você usa seu carro. Fato é que um carro nasceu para trafegar nas ruas, se não, pode começar a dar problemas por falta de uso, com a bateria também. O ideal é usar o veículo, pelo menos, uma vez a cada vinte dias, caso contrário, irá ocorrer uma descarga natural da bateria do carro. Se você não for usar seu carro acima desse tempo, é só desconectar o cabo do terminal positivo, pois além de evitar perda de carga, impede um eventual curto circuito do produto.

E em terceiro, mas igualmente importante, são os cuidados com a própria bateria automotiva. O cuidado principal que você pode ter é sempre deixar as capas protetoras nos terminais. Feitas de plástico, elas impedem que ocorra qualquer tipo de curto circuito, simplesmente pela ação de encostar em objetos metálicos, o que ocorre eventualmente.

No geral, ter um cuidado com seu carro já te ajuda, e muito, no uso da sua bateria. Mas agora você realmente sabe como aumentar a vida útil da sua bateria de carro, então é hora de fazer! Diga aqui nos comentários, o que você faz para estender o tempo de uso da bateria do seu carro?

Como cuidar da bateria de carro no litoral

Para você, que mora no litoral, é rotina ver praias e outros cenários incríveis, mas tem um ponto que sempre te preocupa, a própria areia da praia. O nome desse fenômeno é chamado de maresia, no que consiste na movimentação do mar, levando várias pequenas poeiras de areia para a sua casa. A areia é corrosiva e pode acelerar o desgaste da maioria dos produtos eletrônicos, principalmente o computador. Mas não é só em casa que a areia pode agir, mas nos carros, incluindo a bateria automotiva, importante componente do veículo. E hoje, nós da Cais Baterias que temos a energia certa para salvar o seu dia, iremos te passar dicas de como impedir que a maresia leve à redução do tempo de vida da bateria do sue carro.

 

Lixa fina

A maresia simplesmente fazem os terminais e as conexões de qualquer bateria a se oxidar, e oxidação leva a redução do tempo de vida da bateria automotiva, muito por conta da formação do zinabre. A solução é muito simples e pode ser feito inclusive pelo próprio motorista, limpeza com uma lixa fina. Essa lixa fina consegue tirar pelo atrito essa camada e ainda impede que o próprio processo de limpeza faça com que ocorra fuga da corrente elétrica.

 

Capa protetora

Outra ação que você pode fazer para proteger a bateria do seu carro é guardar o veículo em lugares fechados, principalmente em períodos noturnos, onde o efeito da maresia é menos intenso. Quanto mais o lugar é fechado, maior é a proteção que tanto a bateria automotiva, quanto o carro todo vai ter. Agora, caso você não tenha onde deixar o veículo, há ainda a possibilidade de usar uma capa protetora em todo o carro, sendo uma alternativa barata e que, a longo prazo, vai ajudar bastante!

 

Lavagem especial

Por último é com relação a quem deixa o carro na praia por mais de 15 dias. Nesse caso não tem jeito nem de deixar com a capa protetora. A decisão ideal é levar o veículo em um lava rápido especializado em lavagem especial, assim sendo um procedimento mais completo para a bateria automotiva e o carro. Só fique atento quais produtos de limpeza vão ser utilizados e se eles serão neutros, assim não danificando a proteção da lataria, borracha ou mesmo componentes elétricos e eletrônicos.

 

Esperamos que, com essas dicas, o tempo de vida da bateria do seu carro não fique menor. E caso sua bateria estiver sem energia, você pode consultar nosso catálogo de bateria, tanto a bateria Heliar quanto a  bateria Moura estão à sua disposição! Além disso, não se esqueça de deixar o seu comentário, você tem cuidado com sua bateria quando está em alguma cidade do litoral?